Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2010

AVALIAÇÃO: HISTÓRIA DA FILOSOFIA MODERNA III

“Os céus e todo o resto do universo pregam a glória, o poder e a unidade de Deus: apenas o homem, essa obra-prima do criador entre as coisas sensíveis, apenas o homem, digo, fornece grandes objeções contra a unidade de Deus.”(Pierre Bayle, Nota D, verbete Maniqueus. Dicionário Histórico e Crítico)

“Poder-se-ia objetar a esse filósofo [o maniqueu] milhares de grandes dificuldades; mas como ele acharia respostas, e que após tudo isso ele exigiria que lhe fornecêssemos uma hipótese melhor, (...), nunca o conduziríamos à verdade. A razão humana é muito frágil para tanto, ela é um princípio de destruição, e não de edificação: ela não está apta senão a formar dúvidas, e de se virar à direita e à esquerda para eternizar uma disputa(...)ela é adequada apenas para fazer o homem conhecer suas trevas e sua impotência, e a necessidade de uma outra revelação.” (Pierre Bayle, Nota D, verbete Maniqueus. Dicionário Histórico e Crítico)

“É possível explicar os mistérios o tanto necessário para crer nele…